Terça, 26 de Janeiro de 2021 20:57
99 99999-9999
Entretenimento Diante

Diante da festa de Neymar, prefeito de Mangaratiba diz não poder limitar eventos privados

Diante da festa de Neymar, prefeito de Mangaratiba diz não poder limitar eventos privados

30/12/2020 09h55 Atualizada há 4 semanas
8
Por:
Diante da festa de Neymar, prefeito de Mangaratiba diz não poder limitar eventos privados

A festa organizada pelo jogador Neymar em Mangaratiba, na Costa Verde do Rio de Janeiro, já chega à metade dos sete dias previstos e só deve terminar no dia 1º de janeiro.

Diante do evento em meio ao avanço da Covid-19, a prefeitura do município diz não ter “competência legal para limitar eventos privados realizados em residências particulares” e pede “bom senso do cidadão diante da pandemia”. Já o Ministério Público do Rio de Janeiro informou que analisa “representações encaminhadas para adoção das medidas eventualmente cabíveis”.

Apesar do esquema montado para não chamar atenção e vazar detalhes do evento, a movimentação da chegada dos convidados à cidade e fotos de pessoas, como influencers e artistas, usando pulseiras de identificação para ter acesso à festa ganharam repercussão nas redes sociais e até na imprensa internacional.

À CNN, fontes afirmam que o jogador proibiu a entrada de celulares na festa para evitar que imagens internas fossem divulgadas em redes sociais e também instalou isolamento acústico nas paredes de parte da casa para evitar a reclamação de vizinhos. Há informações de que o evento é realizado no subsolo da casa.

Convidados estariam hospedados em hotéis e pousadas da região. Os amigos mais íntimos, que ficariam na casa com o jogador, estariam chegando em um jatinho particular em um hangar alugado há poucos quilômetros do local da festa.

Nenhum comentário
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.